Governo do Distrito Federal
18/01/22 às 9h16 - Atualizado em 18/01/22 às 9h16

Aneel vai financiar praça pública no início da Asa Norte. Saiba mais

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) decidiu fechar uma parceria com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para a revitalização de uma área, com espaço de convivência e estacionamento com cerca de 220 vagas nas redondezas do órgão, localizado na 602 Norte. A assinatura deve ocorrer nos próximos dias.

 

Incluído dentro do programa Adote uma Praça, da Secretaria de Projetos Especiais (Sepe-DF), a área passará por obras, como terraplanagem, reparo das calçadas, retirada de lixo e entulho, limpeza e revisão das redes pluviais, além de melhorias na iluminação pública, poda de árvores e jardinagem.

 

“Essa revitalização, que se dá por meio do Adote Uma Praça, programa iniciado no governo Ibaneis Rocha e que tem sido muito bem recebido aqui, vai melhorar não somente a vida dos moradores desta região, como também a condução dos trabalhadores. Sabemos como a questão de congestionamento de veículos em Brasília é enorme. Com o surgimento de mais um estacionamento, que faz parte do projeto, estaremos suprindo mais uma necessidade da população”, disse ao Metrópoles o secretário de Projetos Especiais, Roberto Andrade.

 

Paisagismo

Segundo o secretário, o acordo prevê a construção de um novo estacionamento público pavimentado e iluminado, incluindo projeto paisagismo e a criação de praças e jardins, além da instalação de lixeiras de coleta seletiva.

 

O novo local para carros terá acesso pela L2 Norte, com calçadas interligando as vagas e áreas públicas até a sede da Aneel, ponto de ônibus e semáforo de cruzamento de pedestres.

A área é de propriedade do GDF, mas terá os benefícios custeados pela agência. Pelo acordo a ser firmado, não há previsão de divulgação do total em investimentos previstos. Contudo, a área a ser adotada possui dimensões de aproximadamente 12.560m².

 

Embora a primeira parceria do projeto tenha ocorrido justamente em um estacionamento do Lago Sul, o tipo de logradouro não estava previsto no decreto que criou o Adote Uma Praça. Por isso, houve uma necessidade da reedição do decreto do Adote Uma Praça. Outra alteração é no prazo de vigência da parceira, que passará de 12 para 24 meses.