Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/09/20 às 12h17 - Atualizado em 26/09/20 às 22h44

Mudanças na secretaria de Projetos Especiais

COMPARTILHAR

 

Há praticamente um ano e nove meses à frente da Secretaria de Projetos Especiais (Sepe) do Governo do Distrito Federal, o advogado Everardo Gueiros deixa hoje o cargo. Quem fica na vaga é o atual secretário-executivo da pasta, Roberto Andrade. A indicação, acatada pelo governador Ibaneis Rocha, foi do próprio Gueiros por confiar no trabalho de seu substituto.

 

“Saio da secretaria com o sentimento de dever cumprido e de continuidade do trabalho que já vinha sendo desenvolvido. Não me esquivarei de continuar ajudando a pasta, a população do Distrito Federal e, principalmente, o governador Ibaneis Rocha. Mas está na hora de voltar à defesa intransigente das liberdades das pessoas nas lides forenses”, justificou o ex-secretário.

 

Nesses quase dois anos de trabalho, Everardo Gueiros ajudou a colocar o GDF na vanguarda em relação às Parcerias Público-Privadas e, em especial, às parcerias com os cidadãos do Distrito Federal.

 

Prova disso é o programa Adote Uma Praça, coordenado pela Sepe, que já recebeu quase 70 propostas de adoção de locais públicos. A maior benfeitoria do Adote ocorreu no Setor Hospitalar Sul, totalmente revitalizado por dois hospitais ali localizados.

“Esse nosso programa nunca parou. Já começou com uma adoção grande, que foi a transformação de uma área pública no Lago Sul em estacionamento. A obra foi executada pelo Hospital Brasília, primeiro parceiro do Adote”, explicou Gueiros.

 

Com o objetivo de implementar projetos especiais de governo, a Secretaria de Projetos Especiais trabalha com outros órgãos na articulação de ações. E, durante a gestão de Everardo Gueiros, várias secretarias receberam ajuda em gerenciamento e acompanhamento de projetos desenvolvidos pelos técnicos da Sepe.

 

O Corredor Cultural da Torre de TV do Banco de Brasília (BRB) é um dos projetos desenvolvidos com apoio da Sepe. Esse acordo de cooperação vai resultar na revitalização e reativação da Torre de TV e de seu complexo arquitetônico.

 

São também exemplos de parceria: a recuperação da Feira do Guará, como ponto de convivência para a comunidade de seu entorno; a PPP para construção e gestão do novo Centro Atacadista de Produtos Agrícolas, denominado “Nova CEASA”; e a implantação de um Mercado de Distribuição (Mercadão do DF) e de um Centro Varejista na atual CEASA.

 

A Sepe também participou ativamente da estruturação do projeto de concessão da Rodoviária do Plano Piloto e das discussões de um modelo de negócio para a instalação de infraestrutura viária na Saída Norte, que incluirá o sistema de transporte público coletivo em faixas exclusivas para ônibus (BRT).

 

Outros projetos estão bem adiantados ou quase finalizados: concessões do Complexo Esportivo e de Lazer do Guará, cujo edital deve ser publicado até o final do ano, e do Kartódromo Ayrton Senna; construção, revitalização e operação dos Restaurantes Comunitários; gestão integrada sustentável de resíduos sólidos do DF e entorno; e revitalização, manutenção e operação do Shopping Popular.

 

“Por último, e não menos importante, temos a Avenida das Cidades, projeto antigo que, nos últimos 20 anos, já foi promessa de campanha de vários candidatos ao governo do DF. Considerada a maior obra viária da história de nossa cidade, uma das prioridades do governador, finalmente, essa pista de ligação entre Samambaia e o Plano Piloto saiu do papel”, revela Everardo Gueiros.

 

São vários os projetos que terão continuidade na gestão de Roberto Andrade, ex-secretário-executivo da Sepe.