Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/07/19 às 14h29 - Atualizado em 4/09/19 às 17h00

Governador inaugura fonte da Praça JK, reformada pela PaulOOctavio

COMPARTILHAR

Ibaneis anuncia projeto para incentivar empresas a investir na reforma de espaços públicos.

 

 

Um lugar bucólico, repleto de referências do fundador de Brasília. Esta é a Praça JK, no Setor Hoteleiro Norte, entre os hotéis Manhattan Plaza e Kubitschek Plaza, na quadra 2, onde há uma estátua de Juscelino Kubitschek em um dos bancos. O espaço ganhou, nesta terça-feira (14), uma nova fonte, inspirada no desenho da Ponte JK, no Lago Sul. A inauguração teve a presença do governador Ibaneis Rocha, com a reforma sendo custeada pelas Organizações PaulOOctavio.

 

Coube ao filho mais novo de Paulo Octavio, o executivo André Octavio Kubitschek Pereira, apresentar a praça e saudar os presentes. Bisneto de JK, destacou a importância de se investir na melhora das atrações turísticas na capital. “Este espaço é visitado, todos os dias, por centenas de pessoas, que tiram fotos com a estátua de JK, escultura do também mineiro Leo Santana. Um ponto de encontro, de lazer e de turismo. Um espaço que cuidamos com carinho e respeito à cidade”, lembrou.

 

A acompanhado pela secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, o governador Ibaneis Rocha anunciou um decreto para captar investimentos de empresas para melhorar a condição de espaços públicos de Brasília. Chamado de Adote uma Praça, o programa pretende incentivar o estabelecimento de parcerias entre o GDF e a iniciativa privada para revitalizar de áreas de turismo e lazer. “Essa inauguração vem ao encontro do que temos feito para o embelezamento da cidade. Queremos ver hotéis e restaurantes cheios, e é assim que se faz a cidade ser um cartão postal, voltando a ser bonita e superando anos de abandono”, disse o governador, que acrescentou que a inauguração deu início ao projeto.

 

Ibaneis também cumprimentou o arquiteto Gustavo Nunes, responsável pela nova fonte, que se inspirou no traçado da Ponte JK para direcionar os jatos d’água, copiando a trajetória simbólica e lúdica da pedra repicando sobre a água. E destacou o trabalho de Paulo Octavio e de suas empresas pela capital.

 

Fonte: clique aqui.