Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/01/19 às 16h00 - Atualizado em 30/01/19 às 18h26

Delegação de empresários sul coreanos demonstra interesse em investir no GDF

COMPARTILHAR

Grupo engloba empresários dos setores de telecomunicações, energia, TI e finanças. SEPE vai definir rito de distribuição dos projetos para estudo e discussão pelas secretarias de cada área

 

Delegação formada por 19 empresários da Coreia do Sul esteve quinta-feira (24) no Palácio do Buriti, sede do Governo do Distrito Federal (GDF), para reunião com secretários com o objetivo de conhecer melhor o ambiente de negócios do Distrito Federal. Os empresários deixaram claro o interesse em investir no Brasil e na área onde está localizada a capital do país, trazer tecnologia por meio dos seus projetos e oferecer capacitação para profissionais brasileiros. As empresas interessadas pertencem `as áreas de telecomunicações, energia, tecnologia da informação e finanças.

 

A Secretaria de Projetos Estratégicos do DF – Sepe – ficou de definir o rito de distribuição dos projetos a serem discutidos com secretarias de cada área.

 

“Temos muito interesse nesta parceria. Como os projetos que eles abordam são múltiplos, vamos primeiro estabelecer uma forma de disciplinar cada um por áreas, para ajudar as outras secretarias a darem andamento às negociações”, afirmou o secretário titular da pasta, Everardo Gueiros.

 

Gueiros lembrou, inclusive, que representantes deste mesmo grupo conversaram com integrantes da equipe durante o período de transição do governo, antes do governador Ibaneis Rocha tomar posse.

 

“Sabemos que o Brasil pode ser uma das potências mundiais no futuro. Por isso, queremos trabalhar juntos e trazer nossa tecnologia para cá. Na nossa área, por exemplo, a de Energia, temos grandes projetos que poderiam resultar em bons investimentos, para os quais também ofereceremos capacitação a profissionais do país”, afirmou o presidente da Federação das Indústrias da Coréia do Sul, Jong Bok Park, que também é Ceo da KSB Energy.

 

‘Natureza rica’

 

O chefe da delegação, Jong Hoon Kim, destacou que como o Brasil tem uma natureza rica, pode vir a propiciar a estas empresas a oportunidade de investimentos que não há mais como serem feitos na Coreia, como hidrelétricas e termelétricas, por exemplo.

“Estamos aqui com executivos de 19 empresas interessadas em investir no Brasil. Nós temos conseguido desenvolver projetos que não podem mais ser executados no nosso país porque lá não temos espaço. Nosso interesse é aproveitar esse potencial e, por meio das parcerias a serem feitas, trazer a tecnologia para cá”, ressaltou. Este foi o primeiro encontro do grupo com os secretários do GDF depois da posse do novo governo.

 

Na última quarta-feira (23), encontro semelhante foi realizado entre secretários de governo com uma delegação da República Popular da China, que também procurou o GDF para saber mais informações sobre o ambiente de negócios em Brasília e demais cidades do DF, com vistas a possíveis investimentos.